Artista ilustra e expõe ‘São Paulo Fantasma’

“São Paulo Fantasma” é a mais nova exposição do ilustrador e ator Carcarah, que apresenta retratos da maior cidade do país em situação de vulnerabilidade.

A mostra apresenta 26 obras da “metrópole tóxica”, ilustrações criadas em nanquim e aquarela, com cenários e personagens incomuns quando a cidade está amanhecendo.

“São Paulo é uma cidade cruel e injusta. Ela é o travesti que dopa seu drinque numa noite qualquer, o traficante viciado que te vende droga falsa, o policial que estapeia sua cara. Talvez por isso eu goste de desenhar a São Paulo das madrugadas de domingo e segunda-feira, enquanto todo mundo se encolhe e dorme, seja num quarto em casa ou nas ruas entre papelões e cobertores, e apenas os ratos e baratas tomam conta das ruas do Brás e do Parque Dom Pedro II, da Lapa e da Barra Funda”, disse Carcarah.

“As paredes descascadas dos prédios e das casas, o pavimento com naipe de cidade síria bombardeada, as antenas e os telhados, tudo ganha outro significado pra mim. O cheiro de podridão nas ruas. O som da metrópole assombrada e cheia de fantasmas parece um lamento perdido na noite, como o a sirene de uma ambulância cortando a Radial às 5h23 da manhã. Eu gosto de São Paulo de madrugada”, complementa o artista.

Carcarah já publicou suas ilustrações nas revistas Rolling Stone, Coyote, Jazz + e no jornal Folha de São Paulo, além de capas de livros e CDs.

“São Paulo Fantasma”, que é sua sexta exposição individual, fica em cartaz até 8 de julho, no Teatro & Bar Cemitério de Automóveis, Rua Frei Caneca, 384, Consolação – São Paulo, de terça a domingo, das 19h às 23. A entrada é gratuita.

Por Enio Lourenço
Com informações do Estado de São Paulo e da Veja São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *