“Ideias que trocam ideias” resume nova edição de evento criativo

Debate na edição 2017 do Festival Path

O Festival Path é um dos principais eventos de criatividade e inovação do país. Com mais de 500 horas de atrações, a sexta edição ocorre entre os dias 19 e 20 de maio (sábado e domingo), nas ruas, praças e centros culturais e educacionais do bairro de Pinheiros, em São Paulo.

O slogan “Ideias que trocam ideias” resume a proposta central dos fundadores, que miram colocar a criatividade no centro do debate. “É um evento que faz com que público, palestrantes, artistas e expositores conversem de alguma forma. Sem hierarquia e com abertura”, diz Rafael Vettori, diretor de O Panda Criativo (holding de negócios da área da criatividade) e um dos idealizadores do Path.

As palestras – em formatos de talks, painéis, bate-papos, entrevistas – vão discutir temas em voga como feminismo, movimento LGBTQ, cultura canábica, coliving, tecnologia em comunidades em situação de vulnerabilidade social, bitcoin, entre tantos outros.

Nesta seção do evento, o público terá um leque com mais de 300 nomes, dentre os quais: Marcelo Tas, Rincon Sapiência, Regina Casé, Bianca Comparato, David Schurmann, Luiz Thunderbird, Marcos Piangers, Leopardo Yawabane, Monique Evelle, Pri Bertucci. O acesso pleno para as exposições verbais custa R$ 199 (+19,90 de taxa, o segundo lote)

Os workshops de caligrafia flat pen, stencil, lambe-lambe e lettering, que serão realizados no Instituto Tomie Ohtake, também terão acesso pago no valor de R$ 120 (+ 12 de taxa) cada.

Cidade Path é grátis

As atividades da chamada “Cidade Path”, no entanto, serão todas catraca livre. Lá, os participantes poderão, por exemplo, curtir as sessões de cinema de documentários latino-americanos, com curadoria da revista Vice, no Ballroom 3.

Matheus Matta

Edição 2017 do Festival Path

Outros zonas livres do festival estarão ocupadas por feiras temáticas:  de games com desenvolvedores independentes no Instituto Tomie Ohtake ; gastronômica com foodtrucks na Praça dos Omaguás e na Praça Professor Resende Puech; de startups na cobertura do Centro de Convenções; ou ainda o Jardim Secreto Fair, que reunirá produtores independentes com foco em economia criativa e consumo consciente na Escola Britânica de Artes Criativas (EBAC).

No eminente campo criativo da música, nomes brasileiros darão o tom. É o caso do carimbó da paraense Dona Onete, da revelação independente Luedji Luna, do indie romântico de Rubel ou ainda dos criativos da banda Plutão Já foi Planeta.

Em geral, uma das ideias principais do Festival Path é a de produzir vivências entre palestrantes e o público, artistas e apreciadores da arte, empresários e consumidores, com o intuito de conectá-los também fisicamente.

“As conexões online, embora velozes e importantíssimas, nunca vão substituir essa vivência pessoal. Ser criativo também significa, a meu ver, ter maleabilidade e jogo de cintura para compreender cenários e contextos que mudam com excessiva rapidez.”, ressalta Rafael Vettori.

Confira a programação completa.

Festival Path

Data: 19 e 20 de maio

Local: Pinheiros, São Paulo.

Quanto: atividades grátis e pagas a partir de R$ 120 (+12 de taxa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *