Mãe compõe fantasias em gêmeas e vence desafio #BrasilCriativoNaCopa

A criativa Franciellen Lemes Fernandes tem quatro filhos: Rafaela (8), João (4) e as gêmeas Beatriz e Olivia (2).

Antes de começar a Copa do Mundo da Rússia, a mamãe percebeu que não conhecia muito sobre a cultura e a história dos 32 países que disputam o maior torneio de futebol do planeta, com dificuldade até para reconhecer as bandeiras.

Para reverter esse quadro, ela, que é bacharel em direito pela Universidade Federal de Santa Catarina, resolveu se debruçar nos livros e em portais da internet para aprender e também compartilhar com o mundo seus novos conhecimentos.

A ideia criativa

A cada jogo do Mundial, as gêmeas aparecem fantasiadas com trajes típicos, ou como personalidades famosas e personagens da cultura pop ou ainda como pratos característicos dos respectivos países que se enfrentam naquele dia em uma página do Instagram.

Beatriz fantasiada como o cantor nigeriano Banky Wellington

 

“Eu passei três meses estudando sobre cada país, cultura e tradição, e transformei meu estudo em fotos com as gêmeas. Ficou um projeto bem bacana e acredito que eu alcancei meu intento de levar diversão e cultura”, explica Franciellen.

Roupas antigas ou objetos da própria casa da família, que vive na Flórida (EUA), servem de matéria-prima para a composição das fantasias e adereços.

E a mamãe sempre faz questão de criar uma legenda para explicar cada criação, além de interagir com os seguidores (ao final dessa reportagem, ela já tinha conquistado 22,4 mil), pedindo sugestões para os novos personagens de Beatriz e Olivia.

“Eu não entendo de futebol, mas gosto de ver as Copas do Mundo, de sentir a emoção, de torcer. Para homenagear cada país, aproveitei o sono das gêmeas e as vesti com trajes que os representasse’, diz.

Olivia fantasiada como a cantora islandesa Björk

 

Segundo Franciellen, o segredo para montar o look criativo das pequenas é aproveitar o momento seguinte à amamentação, que é quando elas caem em sono profundo.

Essa história tem ganhado o mundo. Além de veículos de imprensa brasileiros, matérias foram publicadas no jornal inglês The Independent e no portal polonês Kobieta.

Desafio: Sem assédio, #BrasilCriativoNaCopa

Franciellen relatou à reportagem que conheceu As Coisas Mais Criativas do Mundo quando pesquisava sobre economia criativa, e assim descobriu o desafio Sem Assédio, #BrasilCriativoNaCopa, promovido pela Rede Brasileira de Criatividade, mantenedora do portal.

A proposta era simples: os interessados deveriam compartilhar uma foto ou um vídeo que ressaltasse a criatividade brasileira em época de Copa do Mundo, com respeito às diferenças de gêneros, etnias, classes, orientação sexual, religião e ao multiculturalismo (grande marca dos mundiais de futebol).

“Criatividade para minha é a pessoa conseguir transformar com pouco. Sabe aquelas pessoas que pegam uma garrafa de plástico e a transformam em um brinquedo? Isso para mim é genial!”, resume Franciellen, que venceu o desafio e ganhou uma camiseta da Seleção Brasileira de Futebol.

Confira algumas fotos das modelinhos produzidas pela mamãe criativa. Apenas um alerta: cuidado porque os níveis de fofura são altíssimos.

Por Enio Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *