Mecânico brasileiro transforma Fiat Uno em “Lamborghini Aventador”

O mecânico Edimar Souza Goulart, de 28 anos, transformou seu Fiat Uno 2002 em um veículo que lembra o modelo Aventador, da fabricante italiana Lamborghini.

O morador de Rondonópolis, 218 km de Cuiabá (MT), sempre teve o sonho de possuir um carro esportivo, mas não tinha dinheiro para tanto um Aventador pode custar mais de R$ 3 milhões.

E quem disse que um sonho não pode virar realidade? A criatividade foi a matéria-prima para reverter tal quadro adverso. Para começar a montar o “LamborghUno”, ele investiu R$ 3 mil em reformas no Uno, que comprou por R$ 9 mil em 2016.

“Essa ideia surgiu a partir de um sonho de criança de ter um carro esportivo, que eu admiro muito. Eu não tinha condições [de adquirir um carro esportivo]. Então eu trabalhei e batalhei bastante, e consegui comprar um Uno”, disse Edimar em entrevista ao SBT (TV Rondon).

O mecânico Edimar com seu “LamborghUno “. Foto: Arquivo pessoal

 

“Eu sempre gostei muito de desenhar desde criança, e resolvi fazer o desenho [da reforma]. Desenhei os aerofólios, os para-choques, e vi que não estava legal. Então me veio a ideia de cortar ele [o carro] e fazer um [modelo] esportivo”, complementou o inventor do “LamborghUno”.

Para transformar o automóvel popular em um esportivo, o mecânico criativo utilizou materiais de baixo custo, como isopor, chapas de alumínio, massa acrílica e cantoneiras, além de uma serra elétrica.

Fiat Uno 2002 antes de virar “LamborghUno”. Foto: Arquivo pessoal

 

“LamborghUno” criado pelo mecânico Edimar. Foto: Arquivo pessoal

 

A reforma ainda não está completa. Além do novo design da lataria, as rodas e o volante também já foram trocados. No entanto, a parte interna e o motor do “LamborghUno” ainda são do modelo original. O veículo ainda deve ser coberto com fibra de vidro.

De todo modo, já dá pra ter uma bela ideia do trabalho criativo do Edimar.

Confira a reportagem do SBT-TV Rondon:

Com informações da TV Rondon (SBT) e G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *