Novas mídias, novos conteúdos

Quem aqui ainda lê jornal impresso? Ou assina o periódico e fica ansioso para chegar o domingo, quando ele vem mais “gordinho”? Ninguém, não é? Isso é coisa do passado. As mídias impressas estão com os seus dias contados, e quem (ainda) não se digitalizou ou não se reinventou, já era.

E não basta apenas ter apenas a versão digital do jornal, isso é o mínimo. A questão é também se reinventar no conteúdo. E no quesito criatividade no conteúdo, as grandes e tradicionais mídias ainda estão engatinhando. Por outro lado, estão surgindo novas mídias e novos formatos que inovam não apenas na apresentação, como também no conteúdo.

Como? Simplesmente não repetindo o modelo convencional. Hoje são inúmeras as possibilidades de divulgação e disseminação das notícias, quem ganha é o leitor (ou seguidor, na era digital). Sai na frente quem tem conteúdo inovador e interessante e, obviamente, com credibilidade. Alguns exemplos e links que valem a pena acompanhar:

Quebrando o Tabu – @quebrandootabu atua com uma fanpage no facebook, com mais de 9 milhões de seguidores. A página surgiu com o propósito de divulgar o filme homônimo do diretor Fernando Gronstein sobre a questão das drogas no Brasil e no mundo, e foi reativada, em 2013, pelo social media Guilherme M., com publicações sobre esse e outros assuntos polêmicos, como legalização do aborto, feminismo, violência contra a mulher, violência policial, etc. Quem ainda não curtiu, vai lá e curte.

Mídia Ninja – midianinja.org foi fundada em 2013 e começou a ganhar notoriedade com a cobertura das principais manifestações do país naquele ano, transmitindo ao vivo o que estava acontecendo nas ruas. Hoje, segundo o próprio veículo, engaja mais de 2 milhões de apoiadores. Entre o time de colunistas, estão nomes como o músico Caetano Veloso, a jornalista Ivana Bentes, a roteirista Antonia Pellegrino, entre outros.

Nexo Jornal – www.nexojornal.com.br tem uma ideia muito legal de “traduzir” as principais noticias dos grandes veículos do Brasil e do mundo, de forma inteligente e bem explicativa, utilizando jornalismo de dados e recursos gráficos como vídeos, animações. Gratuitamente (olha que legal!!!) podemos receber uma newsletter com o resumo do dia, simplesmente fazendo o cadastro no site. Vale muito a pena dar uma olhada, principalmente quem está em fase de ENEM e vestibulares em geral.

E você, qual mídia está seguindo hoje?

Por Carmem Maia

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *