Violoncelista brasileira faz campanha para estudar nos EUA

A violoncelista Kely Pinheiro, de 20 anos, conquistou uma bolsa de estudos integral na Berklee College of Music, em Boston (EUA), para cursar o Bachelor of Music in Performance, uma graduação em quatro anos.

No entanto, a música, integrante da orquestra jovem Camerata Laranjeiras, nascida em uma favela de Niterói (RJ), não tem recursos para custear as passagens, moradia e alimentação, que gira em torno de R$ 100 mil.

Para reverter esse quadro adverso, ela lançou uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Catarse, e tem até o início de setembro, quando se iniciam as aulas, para juntar o dinheiro capaz de mantê-la ao menos em seu primeiro ano no exterior.

“A necessidade faz com que eu consiga ser criativa, e que eu possa me expressar por meio do meu instrumento. Eu tenho que ser criativa para fazer as adaptações, os arranjos que eu toco”, explica.

Trajetória

Kely Pinheiro começou a estudar música aos cinco anos de idade, quando integrou o projeto social Orquestra de Cordas da Grota, em Niterói (RJ). Além da flauta doce, seu primeiro instrumento, ainda criança teve contato com piano, violão e violino. Aos 12 anos, porém, ela encontrou seu grande parceiro: o violoncelo.

Durante a infância e a adolescência, o talento para a música lhe rendeu bolsas de estudos para estudar em colégios particulares e conservatórios de música no estado do Rio de Janeiro.

“A minha mãe trabalha em um supermercado e o meu pai trabalha com obras. Eles são simples, não têm contato nenhum com música, não tem nenhum músico na família. Eu tive a sorte de eles me apoiarem mesmo sem saber muito bem no que ia dar”, relembra Kely.

Ainda hoje ela batalha para seguir vivendo de suas aptidões musicais. Em entrevista exclusiva ao portal As Coisas Mais Criativas do Mundo, ela comentou que já fez apresentações desde bares sem nenhum espectador até espetáculos grandiosos e internacionais, como num concerto recente no Teatro Nacional de Oslo, na Noruega.

“Eu sou muito grata por tudo que fizeram por mim, por todas as oportunidades. Eu tive que investir muito tempo de estudo, de dedicação, de perseverança para correr atrás dos meus sonhos. Eu tenho essa ambição de querer sempre avançar”, resume.

Acesse o link para a campanha de Kely Pinheiro.

Confira a entrevista completa:

Por Enio Lourenço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *