YouTube apresenta duas novas plataformas de streaming

Três meses após o lançamento nos Estados Unidos, o YouTube liberou, ontem (25/9), as suas duas novas plataformas no Brasil:  YouTube Music e YouTube Premium.

A primeira, como o próprio nome diz, oferece músicas, playlists, clipes, letras e vem para concorrer com aplicativos como Spotify e Deezer. A novidade é que, agora, é possível sair do aplicativo do YouTube sem que a música seja interrompida, como ocorre com o aplicativo tradicional.

Outro diferencial do YouTube Music: nada de anúncios na versão paga, que custa R$ 17 ao mês. Há também um pacote familiar, que permite até seis usuários registrados e custa R$ 26 

“No YouTube, você não tem só a música, mas também o clipe, o vídeo com a letra, a versão ao vivo e até as covers feitas por fã no mundo todo”, destacou Sandra Jimenez, chefe da área de música do YouTube para a América Latina.

Já o YouTube Premium oferece a possibilidade de o usuário remover os anúncios dos vídeos de sua biblioteca. Para entrar com tudo no setor dominado pela Netflix, a gigante dos vídeos também está produzindo conteúdo original e exclusivo. 

Série Cobra Kai é original do Youtube e retoma a saga Karate Kid | Fonte: Facebook / YouTube

Cobra Kai, série que retoma a saga do clássico dos anos 1980 Karatê Kid, é um dos primeiros produtos originais lançados pelo Youtube Premium.

Outro conteúdo original é o documentário homônimo sobre o cantor Shawn Mendes, que começou a carreira postando vídeos amadores na plataforma, dirigido pelo youtuber Casey Neistat. 

O aplicativo YouTube Premium ainda permite que os usuários façam downloads dos vídeos para assisti-los sem gastar o pacote de dados de internet. 

Para ter acesso as duas plataformas, também é possível assinar um pacote de R$ 21, que tem os três primeiros meses grátis. 

Confira o primeiro episódio de Cobra Kai que, por enquanto, é gratuito no YouTube:

Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *